Como conquistar a minha estabilidade financeira

O que é estabilidade financeira?

Veja como conseguir a estabilidade financeira em 5 passos

Cuide do orçamento pessoal

Controle os gastos por impulso

Estabeleça metas e prioridade

Invista seu dinheiro

Termine os estudos

 

Antes de mais nada, se você atualmente tem várias dívidas e não sabe o que fazer e nem como obter estabilidade financeira, saiba que você não é o único. Isso porque, no último ano, o número de brasileiros inadimplentes chegou a 63,4 milhões, segundo o ‘Mapa da inadimplência e renegociação de dívidas no Brasil’. Assim como você, a maioria das pessoas endividadas precisa de algum mínimo de educação financeira. Pensando nisso, você sabe realmente o que é educação financeira e como este conhecimento pode ajudar você a ter estabilidade financeira? Nesse artigo você aprenderá o conceito sobre educação financeira e verá como aplicá-la para sair das dívidas. Continue a leitura.

O que é estabilidade financeira?

Assim como o dinheiro é um recurso fundamental para a nossa sobrevivência, saber administrar as finanças também é importante. Nesse sentido, a estabilidade financeira, que é o equilíbrio entre aquilo que uma pessoa ganha e o que ela gasta, permitirá que haja  condições mínimas para que ela se realize de forma pessoal e profissional. Em outras palavras, estabilidade financeira significa estar com as contas em dia. Por que a estabilidade financeira é tão desejada? Seguramente, é muito relaxante consultar o extrato bancário e ver que as contas estão todas pagas e que ainda resta uma quantia de dinheiro razoável para investir, por exemplo, em momentos de lazer ou para cuidar da saúde. Além disso, com as finanças em dia, é possível se planejar para comprar alguma coisa que há muito tempo você deseja, bem como para estudar e crescer profissionalmente.

Veja como conseguir a estabilidade financeira em 5 passos

Da mesma forma que algumas pequenas atitudes como utilizar melhor o seu tempo, estar atualizado sobre as notícias e manter contato com pessoas que incentivem você a crescer, existem passos básicos para conquistar a estabilidade financeira.

Cuide do orçamento pessoal

Antes de bater na porta do seu chefe e pedir um aumento, você deve cuidar sobre como gasta o que recebe hoje em dia. Em outras palavras, isso significa cuidar do seu orçamento pessoal. Orçamento pessoal não é somente checar o quanto você tem na conta bancária mas fazer um planejamento mais amplo que compara as suas despesas futuras com aquilo que você terá disponível para gastar. Por exemplo, se você pretende viajar daqui a 3 meses, precisa estimar os custos que terá como passagem, hospedagem, passeios e alimentação. Depois de fazer as contas, você terá um diagnóstico se poderá ou não viajar, ou seja, saberá se o seu orçamento pessoal é suficiente para realizar este desejo.

Controle os gastos por impulso

Antes de qualquer coisa, pense na real necessidade do produto ou serviço para a sua vida e o seu futuro. Nesse sentido, muita gente se tornou refém do cartão de crédito e acaba comprometendo, todos os meses, até a metade do que ganha com o famoso “dinheiro de plástico”. Seja como for, se você tem dificuldades para controlar o gasto por impulso, fuja da tentação de comprar e “só pagar depois”. Além disso, por mais incrível que a promoção pareça, se você avaliar que não tem condições, no momento, para fazer a compra, não faça.

Estabeleça metas e prioridade

Após o controle do orçamento pessoal e o cuidado com os gastos por impulso, assim como tudo na vida, o planejamento a curto, médio e longo prazos precisa se tornar um hábito de vida para você. Nesse sentido, faça uma reavaliação do seu orçamento periodicamente, afinal de contas a sua realidade financeira, bem como o cenário econômico, podem mudar de tempos em tempos. Desta maneira, você terá uma compreensão clara quanto às suas condições financeiras e poderá estabelecer metas e prioridades para o futuro.

Invista seu dinheiro

Tanto quanto poupar dinheiro é fundamental, você também pode investir parte das suas reservas para ter lucro. Não é preciso ser um investidor experiente nem ter uma fortuna para começar a investir. Atualmente, existem vários tipos de investimentos disponíveis que podem ser realizados de acordo com o seu perfil de investidor. Por exemplo, com apenas R$ 100,00 você pode investir na tradicional caderneta de poupança. Outra opção de investimento de baixo custo é o Tesouro Direto. Com apenas R$ 30,00 você compra títulos públicos e “empresta” dinheiro para o governo que devolve o valor com juros, que são os seus rendimentos.

Termine os estudos

Talvez um dos motivos para você receber um salário baixo não seja apenas o mau uso do orçamento mas, também, o grau de escolaridade que você tem. Segundo estudo do Banco Central, concluir o Ensino Médio acrescenta, em média, 66% ao salário; já fazer uma faculdade soma 243% à renda em comparação com um trabalhador sem escolaridade. Naturalmente, estudar garante ferramentas para resolver problemas em menos tempo, aumentando a produtividade e, consequentemente, o quanto se ganha pelo trabalho.

A estabilidade financeira não vem por acaso mas somente pela disciplina e pelo estudo.

Quer terminar os estudos de forma rápida pela internet? Faça sua inscrição online no EJA Brasil EaD para começar imediatamente o processo de conclusão do Ensino Médio.

Através da nossa plataforma de ensino totalmente online você terminará os estudos pela internet.

Entre em contato conosco para saber mais.

Open chat
Atendimento EJA Brasil EAD